sábado, 14 de janeiro de 2012

Diablerie - Noturna


Este é o primeiro álbum da banda Noturna, lançado em 2005 pela gravadora Hellion Records. Apesar de ser um álbum extenso (Ao todo são aproximadamente 59 minutos) o tempo passa voando e quando você vê já está no final...
Esse álbum, especificamente, "revelou" a minha paixão pelo Gothic Metal verdadeiro, não pelo goticismo comercial e pífio, forjado por bandas digamos 'fake', como Evanescence e Lacuna Coil (que fique claro que eu ouço e gosto das duas bandas, porém acho que são classificadas erroneamente como góticas, principalmente o Evanescence). Atualmente é muito difícil encontrar bandas que pratiquem um Metal Gótico tão fiel quanto o Noturna. Na verdade, eu acho que quanto mais conhecida a banda vai ficando, mais ela se distancia da proposta do gótico... Foi o que aconteceu com o Nightwish na fase Once.

O principal aspecto que me chamou a atenção logo de cara no Noturna foram as guitarras. Como um bom amante de guitarras que sou (assim como a esmagadora maoiria dos Rockers e Headbangers, já que esse é o instrumento-símbolo do Rock e Metal) fiquei totalmente boquiaberto assim que coloquei o CD no play. O timbre da guitarra de Fábio Bastos é algo inigualável, que infelizmente até hoje eu nunca consegui encontrar nada parecido com o que foi feito por ele nesse álbum...

Eu lembro até hoje da primeira vez em que eu ouvi o álbum: era um dia chuvoso (daqueles que não se tem nada pra fazer a não ser ficar na internet) e já estava escurecendo,  e eu já tinha visto há bastante tempo essa banda na revista Roadie Crew, a maior revista de Heavy Metal e Classic Rock do Brasil. Então decidi ouvir o Diablerie. Que escolha acertada!!!

Algo que também me chamou a atenção, porém agora depois de mais algumas audições do 'debut' foram os vocais de Vivian, que são sempre maravilhosos, e dos quais me tornei fã rapidamente... Outro ponto forte do álbum e que me influenciou fortemente foram os teclados, que dão um direcionamento diferente em algumas músicas do CD. A partir daí comecei a ouvir mais bandas que misturam à sua música o som maravilhoso dos teclados. Então, como podem ver, esse álbum me influenciou muito e por isso faço questão de estar escrevendo sobre ele para que outras pessoas também possam ter a oportunidade de ter uma nova visão do estilo gótico, assim como eu tive.

Bom, vamos aos destaques do álbum: a primeira faixa é uma introdução muito bem feita e realmente é um diferencial que já de cara dá o clima de como será o álbum. A faixa título é pesada, assim como todo o álbum, e também merece ser mencionada. E como terceiro destaque eu escolho a faixa Cursed, com dois ótimos solos de Fábio Bastos e um vocal espetacular de Vivian Bueno. Esse é o momento mais calmo do disco e merece todos os créditos. Enfim, esse é um álbum em que nenhuma música fica devendo em nada e tudo parece mágico!

A banda não lançou nenhum videoclipe do trabalho. Ouça e surpreenda-se! E fiquem todos com Deus Metal!!!

BANDA: Noturna

ÁLBUM: Diablerie

ANO: 2005

GRAVADORA: Hellion Records

FORMAÇÃO: Vivian Bueno (vocal), Fábio Bastos (guitarra e vocal), Guilherme Carvalho (baixo), Victor Munhoz (teclado) e Rafael Costa (bateria)

DURAÇÃO: aproximadamente 59 minutos e 43 segundos

TRACKLIST:

01. Requiem For A Divine Tragedy
02. Remembrance Of Dying
03. Tears Of Blood
04. Diablerie
05. My Last Heartbeat
06. Evil Heart
07. By Candlelight
08. Cursed
09. Devil's Desire
10. With Hands Of Doom

MELHOR MÚSICA: Diablerie

NOTA: 10!


Nenhum comentário:

Postar um comentário